27 de abr de 2009

Nossa responsabilidade

Olás!
Atolado no trabalho, devagar nas atividades físicas, escorregando no cardápio. Espero que até amanhã (terça-feira) as coisas voltem à normalidade.
O vídeo abaixo é um Globo Reporter sobre obesidade infantil (há outras partes da reportagem). Acredito que além de nos curar, temos um papel fundamental na próxima geração, concientizando-os sobre a obesidade. Assim tenho feito com os meus filhos. Além dos males que essa doença desencadeia, procuro conversar sobre o preconceito em relação as pessoas obesas. Assim como não rimos de um cego, cadeirante etc, não devemos fazer qualquer discriminação com um obeso.


5 comentários:

Lekkinhah disse...

Oiii

Não tinha visto essa reportagem ... e é um alerta realmente!!!

Beijão

Dani disse...

Acabei de ver a reportagem... é mais que um alerta. Faz as pessoas refletirem mesmo... Força, Brian! Você vai conseguir! Nós conseguiremos! ótima semana!

@ Patty @ disse...

Oi Brian, muito bom o vídeo ...
Só relembrando uma coisa que vc me "disse" no msn, que eu sempre me lembro e me foi de gde ajuda: "nossa decisão de emagrecer é soberana"... lembra?
Então, força querido!
bjo

Jessica * disse...

Oi Brian
Vc tem toda razão sabe!
Minha filha é obesa já, e além da total tendência que ela tem (avó e mãe obesa e diabéticas), sempre se alimentou muito mal. Eu como mãe fico muito triste em ter que reconhecer essa verdade sabe, mas ela pedia e a gente sempre comendo tb ( meu esposo é sobrepeso ) nunca negamos. Sabe aquela história babaca de "comida=amor"? Pois é, isso ficou por parte dos avós. Hj ela tem 10 anos e pesa 59 kilos. Estou nessa RA por ela tb, pois ela estã fazendo junto comigo e concordo com vc quando diz que é nossa responsabilidade, e é sim, nossa responsabilidadecriar adultos concientes e despreconceituosos.
Um beijo e força aí !!!

Valérie Roberto disse...

com certeza Brian. O preconceito com a obesidade começa na necessidade do gordo ser aceito. Se ele é motivo de comentário no grupo (mesmo que seja negativo) ele se sente aceito.

Mudar esta turminha que está crescendo é nossa responsabilidade

beijão