29 de jun de 2011

Academia e caminhada

Não desanima, não! Animais!
Hoje antes do trabalho fui à academia. O tempo é curto, tenho que fazer tudo correndo e nem dá pra ficar muito tempo na bicicleta.
A alimentação não foi das melhores, meu estoque de verduras e legumes estava acabando. Passei no supermercado e peguei o que dá pra amanhã, visto que na quinta-feira os legumes/verduras são mais baratos. Então faço isso amanhã com mais carinho.
Às 17h45 fui caminhar, antes de pegar serviço novamete. Nas quartas minha luta termina às 22h20.
Na maioria dos comentários que deixo nos blogs eu termino com "saúde". Pra mim é a palabra chave da vida. Saúde por dentro e por fora. Como viver sem essa peça fundamental? Saúde para andar, pensar, comer, relacionar-se.. saúde, saúde, SAÚDE!!!!!!
Agora vou dormir.

28 de jun de 2011

Fui correndo

Não fiquei pensando muito sobre se daria conta, ou se teria horário para malhar. Fui na academia, reativei minha inscrição e malhei. Fiquei feliz de refazer minhas medidas e vi os resultados, além do peso, o abdômem, peito e braço. O instrutor admirou de eu ter emagrecido nesses 6 meses de ausência. Respondi: Eu continuo firme!
Se vou hoje eu não sei, tô animado, mas depende da agenda. Assim vou vivendo um dia de cada vez.

27 de jun de 2011

Pós-Feriado

Feriado prolongado! Eu queria mais.
Começo a semana com 106,6 (- 100 gramas). Não é o que eu queria mas, sei porque: muitas escorregadas. Mas, gostei de ver meu comportamento num churrasco. Normalmente quando vou a um churrasco (o que não acontece a mais de 30 dias), eu só como comia carne. Neste foi diferente, a salada foi minha companheira e, com isso, ingeri menos carne. Não fiquei com o estômago pesado e a consciência mais leve.

Na sexta, ás 18h, me entreguei a uma caminhada de 16,2 quilômetros (medidos no Google Maps). Foram 3 horas de alegria. Dei dois intervalos de 10 minutos para tomar água e esticar as pernas. Saí de casa prevenido com dinheiro para ônibus caso não aguentasse o desafio mas "fui, fiz e venci". No domingo fui no futebol (goleiro)... e... meu Deus! Aquilo não foi frango, foram frangos... uma granja. Na volta para casa fui correndo: 1,1Km. Levantei hoje com gostinho de quero mais.

Para nós pensarmos, encerro o post com dois provérvios chineses:

"Fracassar não é cair; é recusar-se a levantar."

"Limitações são fronteiras criadas apenas pela nossa mente."

18 de jun de 2011

Shabbat!

Aproveitei o sábado! Acordei as 7h40 e foi fazer a caminhada. Foram 5,5km. Depois fui levar a família numa rua de laser promovida pelo SESC.
Não pude deixar de notar uma mãe, um pouco acima do peso, dando "veneno" pra filha de 10 anos (aproximadamente) MUITO acima do peso... obesa: cachorro quete, algodão doce, refrigerante... Fiquei indignado. Eu também permiti o algodão doce para os meus filhos, afinal é uma festinha e lá em casa não temos o costume de comprar isso. Mas minha indiguinação é saber que o resultado da obesidade de muitos filhos são fruto do descontrole dos pais. É caso de saúde, gente! É preciso parar com essa doença. Aqui em casa o achocolatado é regrado, passando várias dias sem usar, as frutas são oferecidas, nas refeições não podem faltar verduras e legumes (mesmo que não gostem, acabam se acostumando), refrigerante só quando vão em festinhas, o tempo de acesso a internet e TV é controlado (e o que vêm também).... isso não é ser carrasco é zelar pela saúde agora e depois. Afinal, temos área pra brincar, brinquedos, espaço na rua pra andar de bicicleta... criança parada fica sedentária num instante. Pronto, desabafei.
Abaixo o resultado de uma aventura culinária. Uma caixinha de creme de leite (poderia ter sido light), uma cenoura ralada, um pacotinho de caldo light e cheiro verde. Ficou uma belezura de bão.Usarei no pão e biscoitos.


 Refiz meu cereal que estava quase acabando: quinoa, amaranto, fibra de trigo, aveia, linhaça (batida), germem de trigo e amendoim triturado. As vezes uso amendoim (mais barato), as vezes uso a castanha do Pará ou Caju. Uso pela manhã com frutas.

17 de jun de 2011

O burro e a cadeira

Primeiramente peço desculpas pela falta de visita nos blogs dos companheiros. Alguns atropelos na semana me impediram de participar ativamente nessa rede de ajuda que é a blogsfera light. Vou corrigir isso hoje.

Além da segunda-feira (como já falei no post anterior), só conseguir fazer minha caminha da quarta, mesmo asssim, fui sem vontade nenhuma mas, fui, fiz e me senti muito bem. Se eu tivesse esperando a vontade estava até agora parado em casa. Isso é como tomar água, mesmo sem vontade tem que fazer.

Dei uma limpeza geral no meu guarda-roupa. Separei as roupas largas de mais e passei pra uma instituição. Organizei os cabides por seção: roupas que serve, que quase serve, que ainda não sevem. Foi um bom exercício. Motivador.

Recebi uma imagem por e-mail e compartilho abaixo. Fico pensando em quantas coisas ela quer dizer. O mais interessante é que essa interpretação é extremamente íntima.

Fico imaginando se esse burro (ou cavalo) levasse um susto e desse o primeiro passo, ele iria perceber a força que tem. Aí ele daria mais um e mais um... e logo sairia em disparada e essa cadeira não ficaria inteira por muito tempo.
A frase que veio acompanhada a imagem é:
"Às vezes, as correntes que nos impedem são mais mentais do que físicas. Muitas vezes nos amarram em nada, e nós acreditamos"

Meu peso oficial é 106,7 (- 1,2kg). A cada grama uma profunda gratidão a Deus.
Trabalhar com metas tem me ajudado a controlar a anssiedade pela perca de peso rápida, que não é saudável. Assim busco ficar contente com pequenos pedaços dessa vitória.


13 de jun de 2011

Feriado

O fim de semana foi excelente: passeio com a família, recebemos amigos, fomos a um aniversário e a famosa escapada pra comemorar o dia dos namorados (petiscos acompanhados com água mineral).
Me exercitei no sábado, domingo e hoje pela manhã quando chamei meu filho pra uma caminhada leve.
Escorreguei na alimentação, fiz aquela famosa compensação.

Hoje é feriado aqui na minha cidade aproveitei o tempo para preparar os alimentos para congelar: brocolis, couve-flor, couve – todos com seus talos separados, mandioca (picada e separada por porções). Separei também, abacaxi picado, morango, suco de acerola e suco de caju (separei em copinhos de café – 50ml) e os uso para fazer os sucos com a mistura de fibras. Tenho me cercado de “coringas” para não derrapar, ou pelo menos derrapar menos possível.

Investi numa panela de cozimento a vapor. Se eu soubesse que era tão bom já havia comprado antes. Ela é do tipo tradicional para cozimento no fogão, daquelas que também fazem pudim... e faz mesmo, aqui em casa já comprovamos que ela faz pudim... puuuuudiiiim, foi a sobremesa do almoço de domingo... Voltando a coisa saudável, ela R$43,00 e estou apaixonado com os alimentos feitos a vapor. Não sabia que uma abobrinha era tão saborosa, porque só comia do modo tradicional, usando água, mesmo que pouca mas, é como se levasse uma boa parte do sabor junto.

Agora à tarde me bateu uma grande vontade de comer doce, enquanto pensava se ia comer, tomei um chá que estava na geladeira, me dei um tempo fazendo outras coisa e lembrei de uma manga linda que estava me esperando: caí dentro!... Ufá! Mais um desafio vencido.

10 de jun de 2011

A corrida foi um chuchú



Onte à noite cancelaram um compromisso comigo. Aproveitei o comecinho da noite (18h) e foi transpirar. Foram 4 Km de corrida!!!!
Convenhamos que foi um ritmo lento, mas foi uma corrida. Sem parar. Enquanto eu corria eu pensava: Parece um sonho, nem tô acreditando..rs.rs. Foram 4km de corrida e 4km de caninhada de volta pra casa. O trajeto está aí em baixo.


No trajeto de volta, resolvi mascar um chiclete... pra quê!!!! O suco gástrico ficou a mil e, pra completar a tortura, em cada quarteirão havia um churrasquinho ou cachorro quente... aquele cheiro ia me fazendo delirar e achar que eu só chegaria em casa via SAMU. Quando cheguei em casa tomei água e fui preparar calmamente (só Deus sabe) meu jantar: Chuchú temperado com shoyo, cebolinha e alho poró. Eu gosto muito de chuchú... sério. Lavei uma folhas de alface e mandei ver. Comi com prazer. 30 minutos depois, enquanto lia uma matéria na Super Interessante, degustei um chá de gengibre com canela e limão. Fui dormir.
Hoje subi na balança e marcou 107,9 (-1,100).
Pela força de Deus, cheguei a marca dos 20 quilos ELIMINADOS nos "sobes-e-desces", desde dezembro de 2008.

8 de jun de 2011

Furos a menos e o chá de gengibre

Bom dia!
As atividades físicas continuam em dia. Estou caminhando, as vezes correndo e aproveitando as academias ao ar livre. Essas pra 3ª idade. Nesse momento do ano não vejo lugar na agenda para ir a uma academia "de verdade".
Deminui dois furos no cinto! As calças estão sobrando pano, mas eu estou muito feliz por isso. Antes assim do que ficar espremido e, principalmente, saber terei que comprar outra maior ainda. Atualmente estou usando calças nº 50/51. Isso depente da confecção. A compra de calça vai ter que esperar pela falta de grana, mas, pela ecomonia em comida (desnecessária), coisa que estou vendo claramente, em breve dá pra sentir o gostinho de comprar um número menor.
No sábado fomos (eu e família) na casa de uns amigos, nos chamaram para uma macarronada. Regada com vinho e/ou refrigerantes. Como suspendi o uso do álcool (coisa que fazia eventualmente, mesmo) e estou recusando quase 100% dos refrigerantes, resolvi levar uma garrafa térmica com chá. Isso mesmo. Macarronada com chá quente. 
Alguém fez cara feia aí?
E foi muito bom. Fiz um litro de chá de gengibre, canela, limão e gotinhas de molho de pimenta: ESPETÁCULO!!! Pensei que iria ficar só, mas houve gente que ainda procurou na garrafa mais do meu chá. De uns anos pra cá, meu paladar anda "aberto" a novas experiências. Tenho descoberto muitos sabores apaixonantes e que não fazer mal a saúde.
Quanto a macarronada... um dos meus pontos fracos... estava um show: molho branco e/ou a bolonhesa. Comi pequenas porções intercalando com muita conversa. O chá quente dá uma sensação muito gostosa no estômago.
Eu recomendo!

3 de jun de 2011

Citrus Aurantium

Desde o início de maio tenho experimentado o Citrus Aurantium:
 
  • planta originária da Ásia, cujo extrato é rico em Sinefrina. Extraído da laranja amarga. Indicada para auxílio das dietas de emagrecimento acelerando a queima de gorduras e a perda de peso.
Como sou mineiro, desconfio de tudo. Por isso não disse nada antes de provar. Na blogsfera light é muito comum os "surtos" de fórmulas sem sentido que causam mais alvoroço do que resultados e, pra piorar, mais anciedade, frustração e... dá-lhe peso subindo.
Tenho usado o Citrus Aurantium realmente como um auxiliar, ou seja, não tenho depositado minha esperança nele. Ao contrário do que manda a bula, eu tomo 10 minutos antes do almoço. Façam uma busca na internet para conhecerem os produto.
Os resultados no meu organismo são: 
  • A fome fica mais amena no período da tarde, quando quase todos reclamam (inclusive eu).
  • Noto uma leve euforia, um desejo forte de que a hora da atividade física chegue logo.
  • Nas minhas atividades físicas parece que a "bateria" está sempre carregada.
Eu mandei manipular cápsulas com 500mg. O valor foi de R$ 24,00 para 60 cápsulas. Por enquanto, tomo apenas uma vez ao dia. Pelo que li, mal não faz.

Registro o peso de hoje: 109.... ALELUIA!!!!

1 de jun de 2011

Me dei um presente

Estamos aqui!
Neste mês de maio propus me dar um presente: chegar no dia 31 com 110 quilos. E deu certo! Hoje subi na balança (por quatro vezes) e marcou 109,5!!! Menos 1,6kg desde a última pesagem. Fiquei muito agradecido a Deus - porque tudo vem dele. Só não pulei de alegria porque a balança é de vidro. Me senti realizado: missão cumprida e bem comprida..rs.rs. E como o assunto do blog sempre passa pela comida... os 500 gramas a menos foi a cereja no bolo.

Nesses dias consegui fazer minha atividades físicas, em média 4 vezes por semana. Estou começando a esticar os trotes. Já falei e repito: faz um bem indescritível.
Desde o ano passado havia abandonado esse negócios de publicar minhas metas. Com essa experiência, resolvi voltar a publicar. Como um lembrete.
Quem não sabe onde quer chegar, não chega a lugar nenhum.